Prémio Luso-Espanhol de Química 2021 atribuído a João F. Mano, da Universidade de Aveiro

O Prémio Madinaveitia-Lourenço de 2021 foi atribuído a João Mano, professor catedrático do Departamento de Química da Universidade de Aveiro e investigador do CICECO – Instituto de Materiais de Aveiro.

Trata-se de um prémio Luso-Espanhol outorgado pela Real Sociedad Española de Química e pela Sociedade Portuguesa de Química, atribuído anualmente, e em alternância, a químicos portugueses e espanhóis. A escolha do premiado cabe à sociedade que atribui o prémio, que este ano foi Real Sociedad Española de Química.

João Mano é reconhecido pelo seu trabalho na área dos biomateriais, onde tem usado ferramentas de química na modificação de polímeros de origem natural e na preparação de materiais bioinspirados para aplicações biomédicas, em particular na área da medicina regenerativa. O galardoado receberá o prémio em San-Sebastian, em dezembro deste ano.

O Prémio Madinaveitia-Lourenço tem como principal objetivo reconhecer investigação científica com projeção internacional realizada em Portugal e Espanha, no domínio da Química, em qualquer das suas áreas. A instituição deste prémio destina-se a recordar dois químicos notáveis: Antonio San Quintín Madinaveitia y Tabuyo (1890-1974) e Agostinho Vicente Lourenço (1822-1893).


Publicado/editado: 11/10/2021