Livro: Que Coisa é o Mundo (O Estado Dogmático) - Manuel João Monte e Sofia Miguens

Publicado pela U. Porto Press (com apoios de SPQ, FCUP, DQB, CIQUP e MLAG) - 1.ª Edição, Porto, agosto de 2021

Sessão de autógrafos dos autores, prevista para 5 de setembro, na Feira do Livro do Porto.

Sobre o Livro

Quem somos nós? Seremos apenas um conjunto de átomos e moléculas? E os vírus? São ou não seres vivos? Os números existem ou são imaginários? O nada existe? Existe Deus? Estas são dúvidas que o Presidente de um hipotético país quer ver respondidas assertivamente pela CEC - Comissão de Ensino e Cultura do Senado. O Presidente, que gosta de ser tratado por Mister, está farto da dúvida sistemática e quer certezas vertidas em lei. Ele acredita que também o povo está cansado de dúvidas e hesitações e anseia por políticas dogmáticas que conduzam ao progresso do País. A Comissão é presidida pelo experiente político Lúcio Séneca e integra um filósofo (Tomé Duvidoso), uma cientista (Eugénia Cosmos), uma socióloga (Sensata da Mata), uma poeta-pintora (Arcádia D’Arc) e um sacerdote (Domingos de Deus). Os ilustres senadores não concordam com o absurdo objetivo do Mister. Apesar disso, irão debater, em bem-humoradas abordagens científico-filosóficas, esses e outros assuntos subjacentes às referidas questões - O que é a arte? O que é a vida? Seremos (nós, humanos) uma praga ambiental? As máquinas inteligentes poderão vir a exterminar a vida no planeta? Contudo, os senadores não fornecem as respostas que o Mister ambicionava transformar em lei. E há ainda uma misteriosa secretária, Virgínia Lobo, personagem crucial para um desfecho inesperado.

 

Sobre os Autores

Manuel João Monte é professor associado do Departamento de Química e Bioquímica da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, onde leciona desde 1980. Jubilado em agosto de 2019, é atualmente professor associado convidado e coordena o grupo de investigação em Termodinâmica Molecular e Supramolecular do Centro de Investigação em Química da UP (CIQUP), tendo publicado mais de 100 artigos científicos em revistas internacionais com avaliação por pares. É membro do Conselho Editorial das revistas Molecules (MDPI) e The Journal of Chemical Thermodynamics (Elsevier). Traduziu para português as peças de “Ciência-no-Teatro” Oxigénio, de Carl Djerassi e Roald Hoffmann, e Falácia, de Carl Djerassi, publicadas pela Editora UP. Em 2019, escreveu a peça de teatro O Bairro da Tabela Periódica, publicada pela U. Porto Press (coleção Fora de Série, n.° 1). Como autor desta obra de divulgação científica foi galardoado, em 2021, com o prémio José Mariano Gago da Sociedade Portuguesa de Autores. Em 2020, escreveu a peça Arsenicum, também publicada pela U. Porto Press (coleção Fora de Série, n.° 4).

Sofia Miguens é professora catedrática do Departamento de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde leciona desde 1996. No Instituto de Filosofia da Universidade do Porto criou, em 2005, o MLAG (Mind, Language and Action Group), que dirige até hoje. É autora de sete livros: Uma Teoria Fisicalista do Conteúdo e da Consciência – Daniel Dennett e os debates da filosofia da mente (2002), Racionalidade (2004), Filosofia da linguagem (2007), Será que a minha mente está dentro da minha cabeça? Da ciência cognitiva à filosofia (2008), Compreender a mente e o conhecimento (2009), John McDowell – Uma análise a partir da filosofia moral (2014) e Uma leitura da filosofia contemporânea – figuras e movimentos (2019). Coordenou mais de duas dezenas de volumes coletivos em português e inglês, o último dos quais The Logical Alien (Harvard University Press, 2020). É autora de mais de uma centena artigos em inglês, francês e português.

 


Publicado/editado: 05/08/2021