PRÉMIO RAMÔA RIBEIRO

A Divisão de Catálise e Materiais Porosos (DCMP) da Sociedade Portuguesa de Química (SPQ) irá instituir o Prémio Ramôa Ribeiro para ser atribuído bianualmente durante o Encontro da DCMP. Este Prémio será concedido a um investigador jovem que, pela obra científica produzida em Portugal, tenha contribuído significativamente para o avanço da catálise e materiais porosos, em qualquer das suas áreas de intervenção.

As candidaturas devem ser propostas ao Presidente da DCMP.

As propostas devem ser acompanhadas de uma justificação e incluir os trabalhos relevantes dos candidatos.

Regulamento do Prémio Ramôa Ribeiro 

Artigo 1. Âmbito

Este prémio é atribuído pela DCMP da SPQ e visa reconhecer o mérito científico e encorajar os jovens portugueses investigadores que se distinguiram no domínio da Catálise e Materiais Porosos, em qualquer das suas áreas de intervenção.

Artigo 2. Destinatários

Este prémio destina-se a todos os doutorados que cumpram cumulativamente as seguintes condições:

  • Tenham o grau de doutor concedido por uma Universidade Portuguesa.
  • Tenham desenvolvido trabalho de investigação em instituições de preferência portuguesas e que se tenham distinguido pela alta qualidade, originalidade e autonomia do trabalho de investigação, desenvolvido em Portugal, na área da Síntese e Caracterização de Materiais Porosos ou na área da Catálise;
  • Tenham idade inferior a 40 anos à data do Encontro da DCMP.
  • Sejam sócios da SPQ com quotas regularizadas.

Artigo 3. Candidatura

A recepção de candidaturas decorrerá até 45 dias antes do início de cada Encontro da DCMP. O candidato deve enviar a sua candidatura por via electrónica para a SPQ com os seguintes elementos:

  • Cópia do certificado de doutoramento.
  • Cópia de Identificação (Bilhete de Identidade, Passaporte ou Cartão de Cidadão).
  • Curriculum vitae que inclua a identificação ORCID e Research ID e um resumo do contributo dos principais trabalhos para o avanço da catálise e desenvolvimento de materiais porosos, acompanhado da seleção de cinco artigos mais relevantes (máx. de 1500 palavras).
  • Os artigos selecionados deverão acompanhar a candidatura sob a forma de pdf.

Artigo 4. Júri

O júri será presidido pelo presidente da DCMP, e as candidaturas avaliadas por três membros escolhidos da comissão científica do Encontro Nacional da DCMP. O júri deve considerar os seguintes aspectos:

  • Qualidade e quantidade do trabalho de investigação e seu impacto na comunidade científica em qualquer das áreas da catálise.
  • Difusão de metodologias de trabalho de carácter experimental ou teórico.
  • Outros aspectos, tais como reconhecimento nacional e internacional, colaborações com instituições internacionais.

Artigo 5. Divulgação dos Resultados e Entrega do Prémio

A divulgação dos resultados aos candidatos será realizada antes do início do Encontro Nacional da Divisão de Catálise e Materiais Porosos e o prémio será entregue no decorrer do encontro.

O Prémio consiste num diploma assinado pelo Presidente da Divisão de Catálise e Materiais Porosos e pelo Presidente da Sociedade Portuguesa de Química.

O candidato vencedor, apresentará uma comunicação oral no Encontro Nacional da DCMP.

Artigo 6. Anúncio da candidatura

O anúncio da candidatura será publicitado na Newsletter da Sociedade Portuguesa de Química e sítio do Encontro Nacional da Divisão de Catálise e Materiais Porosos.


© :: Sociedade Portuguesa de Química 2013