Medalhas e menção honrosa na XV Olimpíada Ibero-Americana de Química

Mais uma vez, os estudantes de química portugueses viram o seu desempenho na Olimpíada Ibero-americana de Química recompensado com medalhas e menção honrosa. Assim, a delegação portuguesa regressou a Portugal com uma Medalha de Prata, uma Medalha de Bronze e uma Menção Honrosa na bagagem.
A Medalha de Prata foi conquistada por Gonçalo Vitorino Bonifácio, da ES José Saramago (Mafra), enquanto pelo Jorge Pedro Martins Nogueiro, finalista da Escola Secundária Emídio Garcia, de Bragança, obteve a Medalha de Bronze. Marta Aguiar, da ES Homem Cristo em Aveiro, não atingiu as medalhas, mas o seu desempenho meritório foi reconhecido pelo Júri com a atribuição de uma das Menções Honrosas desta competição.
De referir que Jorge Pedro Martins Nogueiro já tinha obtido uma menção honrosa na 42ª Olimpíada Internacional de Química, que se realizou em Tóquio, no final do passado mês de Julho.

Esta 15ª edição da Olimpíada Ibero-Americana de Química decorreu em Cidade do México, México, de 22 a 29 de Outubro e juntou 52 finalistas do ensino secundário de 13 países ibero-americanos: Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Espanha, Guatemala, México, Perú, Portugal, Uruguai e Venezuela. Portugal foi o país organizador da competição em 2006 (na Universidade de Aveiro) e poderá voltar a sê-lo em 2013.

As Olimpíadas de Química são uma actividade promovida pela Sociedade Portuguesa de Química (www.spq.pt) com o patrocínio do Ministério da Educação e que visa (i) dinamizar o estudo e ensino da Química nas Escolas Básicas e Secundárias, (ii) proporcionar a aproximação entre as Escolas Básicas e Secundárias e as Universidades, e (iii) despertar o interesse pela Química, cativando vocações para carreiras científico-tecnológicas entre os estudantes.
ver mais
Publicado/editado: 02/11/2010
PERIÓDICOS DE QUÍMICA
PRÓXIMOS CONGRESSOS


com o apoio

© :: Sociedade Portuguesa de Química 2013