Professor Victor Gil distinguido com Prémio António Xavier

Prof. Victor Simões Gil, docente da Universidade de Aveiro, foi o investigador português galardoado com o Prémio António Xavier, atribuído pela primeira vez em 2007, pelo Grupo Bruker para recompensar anualmente, através de avaliação científica independente, um investigador português, ou uma equipa, que se tenha distinguido por contribuição nas áreas de Ressonância Magnética Nuclear, Imagem por Ressonância Magnética ou Ressonância Paramagnética Electrónica.

Foi a acção pioneira em Portugal, nos anos 60, do Prof. Victor Gil no domínio da investigação em e por RMN, com a instalação do primeiro laboratório da especialidade no país, no então Laboratório Químico da Universidade de Coimbra, que valeu a atribuição deste prémio, no valor de cinco mil euros, ao docente e primeiro Reitor da Universidade de Aveiro.

Ao longo de mais de 40 anos de actividade, nas Universidades de Coimbra e Aveiro (e, também, nas Universidades de Sheffield e de Sussex, em Inglaterra), publicou e co-publicou mais de uma centena de artigos de investigação RMN, nas suas relações com a estrutura das moléculas e nas suas aplicações em Química Orgânica e Química Inorgânica. Neste processo, orientou o doutoramento de vários investigadores. Há 20 anos, co-publicou, pela Fundação Gulbenkian, uma obra de referência em língua portuguesa sobre RMN.

A par desta actividade de investigação, o Prof. Victor Gil tem uma longa carreira como docente universitário de Química, que inclui a publicação de vários manuais. A Educação em Ciência constituiu sempre um dos seus centros de interesse, estendendo-se ao ensino da Química a nível dos Ensinos Básico e Secundário, com a autoria ou co-autoria de um grande número de livros e produtos de software educativo. Na vertente menos formal da Educação em Ciência, Victor Gil tem sido, desde 1995, o principal responsável pelo primeiro centro interactivo de ciência em Portugal: o Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra.

Os problemas de ordem pedagógica no Ensino Superior e o lançamento de um mestrado em Comunicação de Ciência constituíram as duas razões para a presença do Prof. Victor Gil na Universidade de Aveiro, como professor convidado (a 0%), depois de se ter aposentado como Professor Catedrático de Química da Universidade de Coimbra, em 2002. Trata-se de um regresso à instituição que ajudou a criar, a partir de 1973, como presidente da Comissão Instaladora da Universidade de Aveiro – e, por essa via, seu primeiro Reitor – , e também como professor de Química até 1982.

Refira-se que o Grupo Bruker (com sede na Alemanha), um dos dois fabricantes mundiais de equipamentos de Ressonância Magnética Nuclear (RMN) de alto campo magnético, instituiu, em 2006, o Prémio António Xavier para «expressar reconhecimento pelo empenho incansável deste cientista em prol da Ciência em Portugal», designadamente «como grande impulsionador da utilização da técnica RMN no País», e contribuir para que «permaneça viva a sua memória».
Publicado/editado: 05/09/2007
PERIÓDICOS DE QUÍMICA


com o apoio

© :: Sociedade Portuguesa de Química 2013